Daewoo Nexia

desde 1994 lançamento

Reparo e operação do carro



Daewoo Nexia
+ Instrução de manutenção
+ Manutenção
+ Motor
+3. Motor (dois eixos superiores)
+ Esfriamento de sistema
+ Toplevny e sistemas de escape
+ Cadeia elétrica
+7. Sistema de ignição
+8. Unidade de controle eletrônico e sensores
+ Transmissão
+10. Transmissão de cinco velocidades e transferência principal de RPO MM5
+11. Câmbio automático
+ Direção
+ Gerência de engrenagem
+14. Expeça o suporte de forma triangular de interrupção
+15. Passeio de rodas avançadas
+16. Suporte de forma triangular de interrupção posterior
+ Sistema de freios
+ Corpo
- Aquecimento, ventilação
   19.2. Sistema de condicionamento aéreo
   19.3. Diagnóstica de maus funcionamentos
   19.4. Características do condicionador
   19.5. Operação do sistema de condicionamento aéreo
   -19.6. Controle do sistema de condicionamento aéreo
      19.6.2. Oleodutos de vácuo
      19.6.3. Receptor de vácuo
   19.7. Revezamento e comutadores
   +19.8. Diagnóstica de maus funcionamentos
   +19.9. Manutenção
   +19:10. Remoção e instalação de nós do sistema de condicionamento aéreo
   19:11. O compressor V-5 – a descrição de trabalho
+ Equipamento elétrico



19.6. Controle do sistema de condicionamento aéreo

INFORMAÇÃO GERAL

Esquema padrão do sistema de KB
E. OLEODUTO LÍQUIDO
SÉCULO. CAPACIDADE COM O ABSORVENTE DE UMIDADE
PÁGINA. UMA ABERTURA DE MISTURA DE VAPORES DE LÍQUIDO REFRIGERANTE COM REFRIGERAÇÃO DE ÓLEO
1. COMPRESSOR
2. CONDENSADOR
3. EVAPORADOR
4. RECEPTOR
5. ESTRANGULE TUBO DE RAMO
6. REDUÇÃO DE VÁLVULA

O esquema padrão do movimento de ar no sistema de KB


O condicionador aéreo bloqueia a transversal seção

E. Motor elétrico do MOTOR COMPRESSOR
SÉCULO. PORTA AÉREA DE ENTRADA
PÁGINA. PORTA DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA
D. PORTA DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA
PORTA DE E. OBDUVA DE COPOS
F. TROCADOR DE CALOR DE AQUECEDOR
G. TROCADOR DE CALOR DE EVAPORADOR

Painel de controle do sistema de KB

GESTÃO ELÉTRICA
1. BOTÃO DE COMUTADOR DE MODO DE RECIRCULAÇÃO AÉREO
2. BOTÃO DE COMUTADOR DE SISTEMA DE KB
3. O MOTOR COMPRESSOR APAGA-SE
4. MAÇANETA DE REGULADOR DE TORCEDOR
VACUUM DRIVE
5. O MODO DE VENTILAÇÃO – AR CONSEGUE BOCAIS AVANÇADOS A PAINÉIS DE CONTROLE
6. O MODO COMBINADO DE VENTILAÇÃO E AR ACALENTADOR CHEGA POR BOCAIS AVANÇADOS E MAIS BAIXOS
7. O MODO ACALENTADOR – AR CHEGA PELOS BOCAIS MAIS BAIXOS
8. MODO DE OBDUVA (AQUECIMENTO) DO PÁRA-BRISA

E. TEMPERATURA MÍNIMA
SÉCULO. TEMPERATURA MÁXIMA

Esquema de gestão do sistema de KB


Administrações

O trabalho do sistema de KB controla-se por meio das administrações localizadas na lista. O eletroímã da união do compressor e o motor elétrico do torcedor une-se por arames ao painel de controle. Na posição desligada do regulador a cadeia Elétrica вентилято ра abre-se. A provisão aérea de um obespecha uiva-se no momento da ligação do regulador em uma de quatro provisões de trabalho. O ar esfriado e secado vem ao interior do carro no máximo de inclusão (MOVIMENTO), normal (NORMAL), combinado (o BI-NÍVEL) dos modos ou o modo de um obduv (o degelo) de um pára-brisa (DESCONGELAM-SE). A temperatura aérea estabelece-se por meio do regulador rotativo localizado no painel de controle. A maçaneta do regulador une-se por um fio de condução à porta móvel sobre a qual posicionam o consumo aéreo por meio da troca de calor um apelido de aquecedor depende. Movendo o regulador de uma situação extrema no outro o passeio de elevação tem de fornecer a variedade cheia de movimentos da porta. A posição da porta do regulador da temperatura não depende do comutador de modos operacionais. O fio de condução da porta transmite o lado direito do bloco de condicionador. Em alguns modelos de carros a porta fornece-se com o passeio elétrico do movimento, ao mesmo tempo o fio ausenta-se. Em alguns carros o torcedor elétrico do sistema de esfriamento do motor não entra sobre a estrutura do Quarto de sistema. Isto Mas menos torcedor automaticamente entra na engrenagem no momento da inclusão do sistema de KB no máximo (MOVIMENTO), normal (NORMAL) ou o modo combinado (BI-NÍVEL). O torcedor começa a trabalhar em alguns carros também no momento da inclusão do modo de um obduv (degelo) de um pára-brisa (DESCONGELAM-SE). Esta característica da unidade de controle o sistema de KB permite prevenir uma cabeça de compressor superaquece. Ao mesmo tempo o sistema de KB trabalha mais efetivamente. Em modelos separados de carros o torcedor elétrico do motor apaga-se automaticamente no momento da realização pelo carro da velocidade de 56 km/h quando a intensidade do esfriamento do condensador com a corrente corrente de ar fica suficiente. A operação do torcedor o bloco eletrônico (EBU) via o revezamento de torcedor funciona.

Oleodutos de vácuo

Os oleodutos de vácuo por um bloco anexam-se ao comutador no painel de controle do Quarto de sistema. No momento de violação da tensão ou destruição do oleoduto separado é opcional para substituir todo o jogo de oleodutos Bastante para cortar a seção defeituosa do oleoduto e inserir em vez dele um tubo de união plástico. Se for necessário substituir todo o oleoduto, é necessário cortar todos os oleodutos de um bloco e logo anexá-los diretamente ao comutador de vácuo.

Receptor de vácuo

Em dispersão aguda da depressão do carro no oleoduto de entrada das reduções de motor. Ao mesmo tempo a válvula backpressure desconecta um receptor de vácuo do motor, fornecendo uma possibilidade da operação normal do passeio de vácuo da gestão do Quarto de sistema.