Daewoo Nexia

desde 1994 lançamento

Reparo e operação do carro



Daewoo Nexia
+ Instrução de manutenção
+ Manutenção
+ Motor
- 3. Motor (dois eixos superiores)
   3.2. Descrição geral
   3.3. Operação de compensadores hidráulicos de fendas
   3.4. Sistema de lubrificação
   3.5. Manutenção e reparo
   3.6. Cheque de uma compressão
   3.7. Desmantele-se e a instalação do motor reunido
   3.8. Cinto de bordo
   3.9. Suporte de motor
   3.10. Coletor de entrada e colocação
   3.11. Coletor final e colocação
   3.12. Cobertura do mecanismo valvate e colocação
   3.13. Roldana de um cabo de inclinação
   3.14. Expeça a cobertura de um cinto de engrenagem
   3.15. Cinto de engrenagem
   3.16. Natyazhitel de um cinto de engrenagem
   3.17. Roda dentada de eixo
   3.18. Roda dentada de um cabo de inclinação
   3.19. Capa traseira de um cinto de engrenagem
   3.20. Expeça a consolidação de um cabo de inclinação
   3.21. Eixo. Hidrocompensadores de fendas de válvulas
   3.22. Cabeça do bloco de cilindros
   3.23. Reparo de uma cabeça do bloco de cilindros
   3.24. Primaveras de Valvate. Consolidações de núcleos de válvulas
   3.25. Desmantele-se de válvulas
   3.26. As tomadas de direção de válvulas
   3.27. Expansão de aberturas de tomadas
   3.28. Válvulas
   3.29. Primaveras de Valvate
   3.30. Selas de válvulas
   3.31. Catre de óleo
   3.32. Um tubo de ramo de recepção com um filtro de óleo
   3.33. Bomba de óleo
   3.34. Reparo da bomba de óleo
   3.35. Pistões e varas
   3.36. Pêndulo. Consolidação posterior de um cabo de inclinação
   3.37. Cabo de inclinação
   3.38. Varas e carregamentos radicais
   3.39. Substituição de inserções
   3.40. Dedos de pistão e anéis
   3.41. Bloco de cilindros
   3.42. Instalação de pistões
   3.43. Equilíbrio de um disco com uma grinalda de engrenagem
   3.44. Reparo de esculpir aberturas
   3.45. Diagnóstica de maus funcionamentos
+ Esfriamento de sistema
+ Toplevny e sistemas de escape
+ Cadeia elétrica
+7. Sistema de ignição
+8. Unidade de controle eletrônico e sensores
+ Transmissão
+10. Transmissão de cinco velocidades e transferência principal de RPO MM5
+11. Câmbio automático
+ Direção
+ Gerência de engrenagem
+14. Expeça o suporte de forma triangular de interrupção
+15. Passeio de rodas avançadas
+16. Suporte de forma triangular de interrupção posterior
+ Sistema de freios
+ Corpo
+ Aquecimento, ventilação
+ Equipamento elétrico



3.2. Descrição geral

INFORMAÇÃO GERAL

Parte superior do motor (1,5 l, P4 DOHC)

 

1. COBERTURA DE VELAS
2. ARAMES DE ALTA VOLTAGEM
3. ARAME CENTRAL DE ALTA VOLTAGEM
4. COBERTURA DA BOCA GELATINOSA
5. CONSOLIDAÇÃO DA COBERTURA
6. TOMADA DE FAÍSCA
7. COBERTURA DO MECANISMO VALVATE
8. PINO DE MB
9. PINO
10. LAVADOR
11. PORTADOR DO RAMO DE ARAMES DE VELA
12. PINO DE MB
13. BRAÇO DE FIXAÇÃO DE ARAMES DE VELA
14. MANGUEIRA DE SAPUNNY
15. COLOCAÇÃO DA COBERTURA
16. ROLO DE IGNIÇÃO
17. PARAFUSO
18. EXPEÇA CONSOLIDAÇÃO DO EIXO
19. EIXO
20. O EMPURRADOR DE VÁLVULA COM O HIDROCOMPENSADOR
21. CHAPA DE VALVATE SPRING
22. BISCOITO FINO DE VÁLVULA
23. VALVATE SPRING
24. CONSOLIDAÇÃO DO NÚCLEO DA VÁLVULA
25. PINO DE M8
26. DISTRIBUIDOR DE IGNIÇÃO
27. CAPA TRASEIRA DO CARREGAMENTO DO EIXO
28. PARAFUSO DE M6
29. COBERTURA INTERMEDIÁRIA DO CARREGAMENTO DO EIXO
30. PINO DA CABEÇA DE CILINDROS
31. LAVADOR
32. EXPEÇA COBERTURA DE PODSHIPNI DE KA DO EIXO
33. CABEÇA DO BLOCO DE CILINDROS
34. VÁLVULA
35. COLOCAÇÃO DA CABEÇA DO BLOCO DE CILINDROS
36. GRAMPO DE CABELO DO OLEODUTO FINAL
37. LAVADOR
38. NOZ
39. ELEVAÇÃO DE OLHO
40. COLOCAÇÃO
41. OLEODUTO FINAL
42. SENSOR DE OXIGÊNIO
43. COLOCAÇÃO DO FLANGE DO TUBO DE ESCAPE
44. TUBO DE ESCAPE DUAL
45. GRAMPO DE CABELO DO TUBO DE ESCAPE
46. LAVADOR
47. NOZ
48. PINO DE M8
49. CASO DE TERMOSTATO
50. CONSOLIDAÇÃO
51. TERMOSTATO
52. CAPA TRASEIRA DO CINTO DE ENGRENAGEM
53. NATYAZHITEL DO CINTO
54. PINO DE M8
55. ROLO INTERMEDIÁRIO
56. LAVADOR
57. PINO DE M8
58. BOMBA DO TIMONEIRO GIDROUSILITE DE LA
59. PINO DE M8
60. LAVADOR
61. CONSOLIDAÇÃO DO TUBO DE RAMO DA BOMBA
62. CINTO DE ENGRENAGEM
63. RODA DENTADA DE EIXO
64. LAVADOR
65. PINO DE FIXAÇÃO DA RODA DENTADA
66. TOMADA CÔNICA DE FIXAÇÃO DA COBERTURA
67. TOMADA REMOTA DE FIXAÇÃO DA COBERTURA
68. GRAMPO DE CABELO DE COBERTURA DE CINTO
69. BRAÇO
70. LAVADOR
71. PINO DE M8
72. CONSOLIDAÇÃO DA COBERTURA AVANÇADA DO CINTO
73. EXPEÇA COBERTURA
74. LAVADOR
75. PARAFUSO DE M6
76. BRAÇO DO OLEODUTO DE ENTRADA
77. PARAFUSO DE M8
78. PARAFUSO DE M10
79. ELEVAÇÃO DE OLHO
80. PINO DE M8
81. NÍVEL DE GERADOR
82. PINO DE M8
83. SENSOR DE TEMPERATURA DE ESFRIAR LÍQUIDO
84. SENSOR DO ÍNDICE DE TEMPERATURA DO MOTOR
85. COMBUSTÍVEL OLEODUTO DISTRIBUTIVO
86. REGULADOR DE PRESSÃO DE COMBUSTÍVEL
87. BOCAL DE COMBUSTÍVEL
88. PINO DE M8
89. ARAMES ELÉTRICOS DE SISTEMA DE INJEÇÃO DE COMBUSTÍVEL
90. MANGUEIRA DE VÁCUO
91. COLOCAÇÃO
92. OLEODUTO DE ENTRADA
93. GRAMPO DE CABELO DO OLEODUTO DE ENTRADA
94. NOZ DE M8
95. PINO DE M8 COM O LAVADOR
96. COLOCAÇÃO
97. CASO DA VÁLVULA DE BORBOLETA
98. PINO DE M8 COM O LAVADOR
99. BRAÇO DE FIXAÇÃO DA COBERTURA DO FIO DA VÁLVULA DE BORBOLETA
100. PINO DE M8
101. O FIO NA COBERTURA

Parte mais baixa do motor (1,5 l, P4 DOHC)

 

111. TENTA DE ÓLEO
112. O TUBO DE DIREÇÃO
113. TOMADA DA CABEÇA DE CILINDROS
114. BLOCO DE CILINDROS
115. TOMADA DE CASO DE UNIÃO
116. GORRO
117. FILTRO DE ÓLEO
118. TOMADA DO FILTRO DE ÓLEO
119. TOMADA
120. ROLHA
121. TOMADA DE ROLHA
122. O PINO COM O LAVADOR
123. COBERTURA DE UNIÃO
124. A CHAPA DE APERTO CONDUZIDA
125. PINO
126. PÊNDULO
127. CONSOLIDAÇÃO POSTERIOR DO CABO DE INCLINAÇÃO
128. CABO DE INCLINAÇÃO
129. INSERÇÕES DE CARREGAMENTOS RADICAIS
130. INSERÇÃO DO CARREGAMENTO RADICAL PERSISTENTE MÉDIO
131. COBERTURAS DE CARREGAMENTOS KOZHINY
132. PINO
133. COLOCAÇÃO DO CATRE DE ÓLEO
134. CATRE DE ÓLEO
135. DRENE ROLHA
136. COLOCAÇÃO DA ROLHA
137. PINO
138. SPLINE
139. BRAÇO E PINO DE FIXAÇÃO DO TUBO DE RAMO DE ÓLEO DE RECEPÇÃO
140. TUBO DE RAMO DE RECEPÇÃO DA BOMBA DE ÓLEO
141. PINO DE MB
142. CONSOLIDAÇÃO DO TUBO DE RAMO DE ÓLEO DE RECEPÇÃO
143. ROLHA da VÁLVULA QUE REDUZ (M20x1.5)
144. LEILÃO HOLANDÊS DE ÁREA PROIBIDA DE VÁLVULA DE CONSOLIDAÇÃO
145. PRIMAVERA DA VÁLVULA QUE REDUZ
146. MERGULHADOR DA VÁLVULA QUE REDUZ
147. BOMBA DE ÓLEO
148. BOLA
149. VÁLVULA DE BOMBA DE PEREPUSKNA
150. CONSOLIDAÇÃO
151. COMUTADOR DE DISPOSITIVO DE SINALIZAÇÃO DE BAIXA DE PRESSÃO DE ÓLEO
152. EXPEÇA CONSOLIDAÇÃO DO CABO DE INCLINAÇÃO
153. RODA DENTADA DO CABO DE INCLINAÇÃO
154. CONSOLIDAÇÃO DA COBERTURA
155. COBERTURA
156. PINO
157. ROLDANA
158. LAVADOR
159. PINO DE ROLDANA
160. PINO DE MB
161. RODA DE ENGRENAGEM DA BOMBA DE ÓLEO
162. RODA DENTADA DA BOMBA DE ÓLEO
163. COBERTURA DA BOMBA DE ÓLEO
164. O PARAFUSO COM A CABEÇA SECRETA
165. COLOCAÇÃO DA BOMBA DE ÓLEO
166. DISPARE SOBRE VESPA DOS ESTADOS UNIDOS DE ÁGUA
167. BOMBA DE ÁGUA
168. CONSOLIDAÇÃO DA BOMBA DE ÁGUA
169. ROLHA
170. TUBO DE RAMO DE ESFRIAR LÍQUIDO
171. PINO DE CONROD
172. COBERTURA DE CABEÇA DE VARA
173. JOGO DE VARAS SE UNEM
174. DEDO DE PISTÃO
175. PISTÃO
176. JOGO DE ANÉIS DE PISTÃO
177. O PINO COM O LAVADOR
178. TUBO DE VENTILAÇÃO DO CASO
179. COLARINHO
180. MANGUEIRA DE VENTILAÇÃO DO CASO
181. PINO DE M8
182. AUTOR
183. PINO DE M8
184. BRAÇO DE AUTOR

Mecanismo que distribui o gás do motor

 


Cabeça do bloco de cilindros

 


Acordo de etiquetas de mim e E durante instalação de rodas dentadas

 

O Motor de gasolina de 4 cilindros, de 4 golpes da linha do esfriamento de água equipa-se de dois eixos que se localizam em uma cabeça de cilindros. 16 válvulas (em 4) instalam-se em cada cilindro a V-shapedly. O passeio de eixos executa ся de um cabo de inclinação um cinto de engrenagem. Um de dois eixos faz funcionar o grupo de válvulas de entrada e outro cabo – válvulas finais. No passeio de válvulas há compensadores hidráulicos de fendas termais.

O bloco de cilindros lança-se da liga de alumínio e une quatro cilindros remados. No maçante do bloco de ferro do porco de cilindros as mangas estabelecem-se.

A cabeça de forma do bloco de cilindros faz-se da liga de alumínio segundo o esquema zangado de uma purgação de cilindros. Os compensadores de fendas instalam-se no passeio de cada válvula.

O cabo de inclinação de aço calçado apoia em cinco carregamentos radicais de um vstavna ми inserções. Os pescoços de Conrod localizam-se em um avião por 180 graus.

O eixo de ferro do porco instala-se em cinco carregamentos no caso de alumínio que se localiza de acima mencionados líderes de cilindros. A rotação transfere-se para o eixo de um cabo de inclinação do motor por meio do cinto de engrenagem e uma roda estabelecida em primeiro plano de um eixo.

As rodas dentadas estabelecidas em ambos os eixos têm sozinho vy formam-se e marcam-se pelas cartas I e E (respectivamente para a entrada de funcionamento de cabo e para o cabo válvulas finais operacionais).


Prevenção

Os novos eixos instalados em entrada e válvulas finais permutam-se. Contudo o cabo que estiveram na operação não se permuta.


Os pistões manufaturam-se da liga de alumínio. Em pistões estabelece-se em duas compressão e em um anel de raspadeira de óleo. Já que a redução da pressão do pistão por uma parede de cilindro durante o curso de trabalho de um eixo de dedos de pistão tem o turno zangado de 0,35-1,65 mm acerca de um eixo de pistão.

Na interface de um dedo de pistão ao pistão aterrissagem móvel, e com a cabeça superior de uma vara – a aterrissagem densa usa-se.

O movimento transfere-se para válvulas diretamente de cames de eixo. Os hidrocompensadores instalados em empurradores de válvulas fomentam a redução do barulho do motor. O desenho do passeio de válvulas encontra condições do trabalho duro com uma alta frequência da rotação do motor e permite reduzir a entrada de trabalho da manutenção do mecanismo que distribui o gás.